INFORMAÇÕES

Envie informações para o blog. WhatsApp 99193 6270 ou e-mail: otavioaraujo19@hotmail.com. Otávio Araújo é correspondente da Rádio Clube do Pará para o sul do Pará.

domingo, 31 de outubro de 2010

Conheça a trajetória da primeira mulher presidente do Brasil



Primeira mulher eleita presidente do Brasil, Dilma Vana Rousseff, é uma mineira radicada no Rio Grande do Sul, filha de uma professora e de um imigrante búlgaro. Neste domingo (31), a economista – e avó – de 62 anos conquistou o direito de exercer seu primeiro cargo eletivo. À trajetória dela se misturam alguns dos episódios marcantes da história recente do Brasil, como a resistência à ditadura, a redemocratização do país e a consolidação de uma ordem política equilibrada entre dois blocos pelo PT e pelo PSDB.

Dilma nasceu em 14 de dezembro de 1947, em Belo Horizonte. Entrou na política ainda no antigo colegial, na oposição ao regime de exceção instaurado em 1964. Começou na Organização Revolucionária Marxista – Política Operária (Polop), movimento que, na sua origem, era uma espécie de coalizão de dissidentes, com quadros do PCB, do PSB e do trabalhismo, além de trotskistas e outros marxistas. Na Polop, ela conheceu o primeiro marido, Cláudio Galeno de Magalhães Linhares. Ao lado dele, mais tarde, optou pela luta armada e se juntou ao Comando de Libertação Nacional (Colina).

O ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel conheceu Dilma nessa época e é amigo pessoal da nova presidente até hoje. “A Dilma é, e sempre foi, uma pessoa muito inteligente, acima da média. Ela tem uma bagagem cultural muito grande, lia muito desde menina, talvez por influência do pai”, conta. O pai, Pedro Rousseff (Pétar Russev, na língua materna), era um imigrante búlgaro que criou os três filhos com rigidez europeia em Minas Gerais. A mãe, Dilma Jane Silva, era professora.

Em 1970, quando já fazia parte da Vanguarda Revolucionária Palmares (VAR-Palmares), Dilma Rousseff foi presa pela Operação Bandeirante e detida no Departamento de Ordem Política e Social (Dops), onde foi torturada. Condenada pela ditadura, foi levada ao Presídio Tiradentes. Foi libertada no fim de 1972 e se mudou para Porto Alegre, terra de seu segundo marido Carlos Franklin Paixão de Araújo, com quem teve sua filha, Paula.

“Dilma teve uma experiência muito dura na prisão”, conta Pimentel. “Por isso, é uma pessoa que conhece muito bem onde estão os seus limites. Isso faz dela uma mulher muito forte”, diz o ex-prefeito.

Na capital gaúcha, ela cursou ciências contábeis na Universidade Federal do Rio Grande do Sul de 1974 a 1977. Com a volta de Leonel Brizola ao país após a Anistia, Dilma se filiou em 1980 ao recém-fundado Partido Democrático Trabalhista (PDT). Até 1985, ela trabalhou como assessora de deputados do partido na Assembleia Legislativa do estado. (Fonte: G1)

Pesquisa: Otávio Araújo

Barcarena: Identificados as vítimas do acidente

O feriadão de Finados começou com quatro mortes nas estradas paraenses. As vítimas estavam no Citroën que colidiu com um caminhão basculante, ontem pela manhã, no município de Barcarena. Natália de Moraes Carvalho, 26 anos, e Keila da Silva Queiroz, 27, morreram no local.

Carivaldo Cardoso Brito, 32 anos, e Jesiel Carvalho Amorim, 35, faleceram quando eram transportados para o Hospital Municipal de Vila dos Cabanos, naquele município. De acordo com a Polícia Militar, Natália e Keila eram professoras da rede municipal em Barcarena e Carivaldo, o condutor do veículo de passeio.

O quinto ocupante do Citroën Xsara Picasso, Diego Barbosa de Carvalho, 21 anos, foi encaminhado, em estado grave, para Belém. O motorista do caminhão, Josiel Carvalho Souza, estava internado no hospital de Vila dos Cabanos até as 15 horas. Mas, aparentemente, ele não corria risco de morte.

Segundo o capitão Adriano Costa, da 28ª Zona de Policiamento (Zpol), e que compareceu ao local do acidente, a colisão ocorreu por volta das 9 horas na PA 481, perto do Trevo da Peteca, que dá acesso à Albrás-Alunorte. A rodovia faz a ligação entre Barcarena e Vila do Conde.

O oficial da PM disse que, no local onde houve a colisão, é proibida a ultrapassagem. Ele informou que apenas a perícia irá indicar quem causou o acidente.

Guaraí é campeão tocantinense da 2ª divisão


O Guaraí é campeão tocantinense da 2ª divisão e, de quebra, humilhou o Palmas ao aplicar uma goleada de 7 a 2, em pleno estádio Nilton Santos, na Capital, na tarde de sábado (30). No primeiro jogo da decisão, o time do interior também venceu por 2 a 0.

Esse foi o primeiro título profissional do Guaraí que este ano disputou o segundo campeonato da Federação Tocantinense de Futebol (FTF). Tanto o Guaraí como o Palmas subiram para a Série A em 2011.

Apesar do vexame na final, diante do seu torcedor, o presidente do Palmas, Josa Alves, pede desculpa aos torcedores pela goleada em casa, mas disse que está com a sensação de dever cumprido pelo acesso do tricolor.

Premiação

O Guaraí conquistou o título do Estadual Série B e também levou todos os prêmios individuais. Kássio, do Guaraí, foi artilheiro com 12 gols; Edson, do Guaraí, o melhor goleiro; Kássio, do Guaraí, e Fabão, do Palmas, os melhores atletas. Os dois treinadores, Márcio Goiano, do Palmas e Ricardinho, do Guaraí, também foram premiados. (Alcione Luz)

Eleição 2010: Abstenção é alta em Redenção









A reportagem do blog percorreu os principais locais de votação em Redenção hoje pela manhã. O horário mais procurado para votação é o período da manhã, e ao contrário do primeiro turno, poucos eleitores compareceram para votar hoje no segundo turno.

Na escola Ronan Fidélis de Melo, localizada no setor Capuava, pouca gente estava presente para votar. Na escola Palma Muniz, no centro e que liga ao setor Serrinha, havia seção sem nenhum eleitor para votar.

Nas portas das escolas, em mesmo os ambulantes compareceram para vender seus produtos. “Os políticos locais não se interessam em apoiar o transporte dos eleitores quando se trata de eleição para presidente e governador. Por isso a quantidade de eleitores é pequena”, disse Joaquim Gonçalves da Silva, morador do setor Serrinha, que estava na fila para votar.

sábado, 30 de outubro de 2010

O dia seguinte ao incêndio no posto Redenção





















O dia seguinte ao incêndio no posto Redenção

Na manhã deste sábado (30) centenas de pessoas ainda se aglomeravam no pátio do posto Redenção, localizado na A. Araguaia, no setor Entroncamento de Redenção para ver os destroços dos veículos que foram consumidos pelo fogo ocorrido na tarde de sexta-feira (29).

Três carretas gaiolas que estavam estacionadas no pátio do posto foram totalmente destruídas, outra carreta gaiola também ficou parcialmente destruída. Um automóvel ficou totalmente queimado. Uma carreta bi-trem com combustível ficou com 90% destruída pelo fogo. Seis motocicletas também foram consumidas pelo fogo.

As bombas do posto também ficaram destruídas. Parte do teto do posto foi queimado. Não houve vítimas fatais e ninguém ficou ferido. O motivo do incêndio ainda não foi oficialmente esclarecido. Mas, segundo pessoas que estavam no local, o fogo iniciou após o rompimento de uma mangueira.

Os prejuízos ainda não foram cauculados.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Incêndio destruiu o posto Redenção










Um incêndio tomou conta na tarde desta sexta-feira (29)do posto Redenção, localizado na Av. Araguaia, no entroncamento. Ainda não se sabe o que ocasionou o incêndio e se há vítimas fatais. Vários carros, incluindo carreta que estavam estacionados no pátio foram queimados. Segundo informações, duas carretas que estavam descarregando combustível pegaram fogo. O corpo de bombeiros e a polícia militar controlaram o fogo, porém várias carretas que transportam gado e que estavam estacionados no pátio perto das bambas foram destruidas pelo fogo.
video

Eleição 2010: Reta final para o 2º turno



Neste domingo os brasileiros voltam às urnas para escolher o novo presidente do país. José Serra (PSDB) e Dilma (PT) brigam pelo Palácio da Alvorada. No Pará também haverá eleição para escolher o novo governador. Simão Jatene (PSDB) e Ana Júlia querem chegar ao Palácio dos Despachos.

As ruas das cidades estão cheiras de bandeirinhas e cavaletes com as fotos dos candidatos. Muita gente também está espalhada pelos principais cruzamentos das cidades da região. Carros som circulam com Jingle e spot dos candidatos.

Devido o feriado prolongado, que iniciou na quinta-feira, pode ocorrer grande número de abstenções, pois muita gente viaja e isso poderá prejudicar o processo democrático. Quem investir mais na busca dos eleitores com destinos aos locais de votação levará mais vantagem.

No sul do Pará os prefeitos estão divididos entre a atual governadora Ana Júlia e ao ex-governador Simão Jatene. Recentemente o jornal A Notícia noticiou uma reportagem mostrando as preferências dos gestores municipais.

Confira:
QUEM APOIA SIMÃO JATENE

REDENÇÃO - Wagner Fontes (PTB).
SANTANA DO ARAGUAIA - Alegria (PSDB)
ÁGUA AZUL DO NORTE - Renan Lopes (PMDB)
OURILÂNDIA - Romildo Veloso (PDT)
TUCUMÃ - Antônio Levino (PTB)
SANTA MARIA DAS BARREIRAS - Odacir dal Santo (PRP)
FLORESTA DO ARAGUAIA - Alsério (PSC)

QUEM APOIA ANA JÚLIA:

BANNACH – Válber Milhomem (PSB)
RIO MARIA - Waltinho do Ouro (PSB)
XINGUARA - Davi Passos (PT)
CUMARU DO NORTE - Peti (PDT)
CONCEIÇÃO DO ARAGUAIA - Álvaro Brito (PT)
PAU DARCO - Luciano Guedes (PDT)
TUCUMÃ - Celso Lopes (PDT)
SAPUCAIA - Manoel Josino (PT)

São Félix: Quadrilha foi presa falsificando dinheiro


A polícia militar de São Félix, sob o comando do SG PM Rodrigues, prendeu uma quadrilha falsificando dinheiro. Com eles foi apreendida quantia de R$ 10 mil falsos, em notas de R$ 50 reais e mais R$ 3 mil imprimidos em folhas de papel comum, já prontos para serem cortadas e repassadas na cidade.

A casa caiu para Leandro Xavier Lima, de 18 anos, Marcelo Lima da Silva, de 20 anos, um menor de iniciais A. M. D, de 15 anos, e ainda uma idosa de 70 anos Enedina Benício Lima. Com a quadrilha foi apreendido um computador e uma impressora que eram usados na prática do crime.

A quadrilha usava pequenos comércios e bares para realizar o repasse do dinheiro. Todos os pertences, juntamente com a quadrilha, foram encaminhados para a delegacia de São Félix para serem realizadas as providencias cabíveis. (Luiz Carlos)

São Félix: Investigação contra juiz é arquivada


Acolhendo parecer do Ministério Público Estadual, o Pleno do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) extinguiu investigação criminal, que estava sendo movido contra o juiz Leonel Figueiredo Cavalcante, que, atualmente, se encontra na Comarca de Chaves.

O magistrado foi acusado de tentativa de homicídio, ao disparar dois tiros contra um homem, em janeiro de 2009, quando atuava na Comarca de São Félix do Xingu. Os desembargadores acolheram a tese de legítima defesa.

Segundo os autos, em janeiro de 2009, Amildison Santos da Silva, ao ser impedido de fazer empréstimo em um banco local, por conta de restrições cadastrais, dirigiu-se ao Fórum da cidade para questionar o ocorrido, causando tumulto às atividades judiciais. Acabou sendo retirado do local por um segurança, mas insistiu nas agressões verbais, o que chamou a atenção de um promotor, que tentou repreendê-lo.

Sem sucesso, o juiz também se deslocou até o lado de fora do prédio, mandando algemar Amildison. Neste momento, o homem armou-se com uma pá de construção, atingindo o magistrado com dois golpes. O juiz, por sua vez, deu um tiro para o alto, tentando intimidar o agressor, o que não surtiu efeito. Sem se intimidar, Amildison acertou mais um golpe no magistrado, que para se defender, disparou dois tiros contra Amildison.

Durante o andamento do processo, laudos periciais comprovaram que Amildison sofria de transtornos mentais, sendo inimputável. Por medida de segurança, o agressor encontra-se internado em um hospital psiquiátrico. O relator do feito, desembargador Ronaldo Valle, concluiu que havia provas suficientes nos autos que comprovam que o juiz apenas reagiu a uma agressão injusta e que foi motivado pelo agressor, caracterizando a legítima defesa. O voto do relator foi acompanhado à unanimidade pela Corte. (Roney Wydiamaior & Wanessa Vieira)

TSE adia pela segunda vez decisão sobre Marcelo Miranda


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) adiou pela segunda vez nesta quinta-feira (28) a decisão sobre o registro de candidatura de Marcelo Miranda (PMDB) ao Senado Federal. Ele teve o mandato de governador do Tocantins cassado em setembro do ano passado por suposto abuso de poder político nas eleições de 2006.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Tocantins liberou a candidatura dele, mas o Ministério Público recorreu ao TSE, com base na Lei da Ficha Limpa.

Miranda obteve 340,9 mil votos nas eleições deste ano e foi eleito senador. A decisão do TSE vai determinar se ele poderá ou não assumir o cargo.

O julgamento foi adiado nesta quinta pelo pedido de vista do ministro Marcelo Ribeiro. No início de outubro, a análise do recurso foi interrompida pelo pedido de vista do ministro Arnaldo Versiani. Não há data para a retomada do julgamento.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Para TRE, não há necessidade de nova eleição para o Senado no Pará

Jader Barbalho e Paulo Rocha estão enquadrados na Ficha Limpa. Segundo tribunal, votos recebidos por ambos não foram registrados.

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) avalia, segundo informou a assessoria jurídica do tribunal, que não há necessidade de uma nova eleição para o Senado no estado, mesmo depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de manter a validade da Lei da Ficha Limpa para as eleições deste ano.

O STF tomou a decisão nesta quarta (27) ao julgar recurso do deputado federal Jader Barbalho (PMDB), enquadrado na Lei da Ficha Limpa por ter renunciado em 2001 ao mandato de senador para evitar um processo de cassação. Mesmo com registro indeferido, Jader Barbalho recebeu 1.799.762 de votos e, caso não tivesse sido barrado, seria eleito em segundo lugar para uma vaga no Senado.

A soma dos votos obtidos por Jader Barbalho e pelo terceiro colocado na disputa – o petista Paulo Rocha, também barrado pela ficha limpa – ultrapassa 50% dos votos válidos
Nesse caso, a legislação eleitoral abriria a possibilidade de realização de novas eleições. O PMDB-PA informou que "tomará todas as providências jurídicas necessárias para a realização de nova eleição para o cargo de senador".
Mas a assessoria jurídica do TRE informou que não será necessária uma nova eleição porque os votos de Jader Barbalho e Paulo Rocha não foram incluídos na contabilidade oficial pelo TSE. Os senadores eleitos pelo Pará são Flexa Ribeiro (PSDB), com 67,73% dos votos; e Marinor Brito (PSOL), com 27,11% dos votos.
A assessoria jurídica informou que, "caso receba uma provocação oficial" a respeito do resultado das eleições para o Senado, o TRE do Pará vai analisá-la.
O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, reafirmou nesta quinta-feira que cabe ao TRE decidir sobre a realização de novas eleições. Ele não descartou, no entanto, a possibilidade de a decisão estadual vir a ser contestada no TSE.
“Cumpre, em primeiro lugar, o TRE local interpretar a legislação eleitoral. Se a decisão for essa, nós vamos depois num segundo momento examinar se está correto. Evidentemente, se vier um recurso ao TSE. A legislação realmente estabelece que se houver uma maioria de votos nulos tem de se fazer uma nova eleição. Mas essa decisão terá que ser tomada num primeiro momento pelo TRE local à luz das particularidades dos casos concretos sobre a apreciação naquela corte”, afirmou.

O senador eleito Marinor Brito, que esteve nesta quinta-feira (28) no Senado, disse não acreditar na possibilidade de uma nova eleição. “Não acredito que vá acontecer isso até porque tem a pressão da opinião pública, que não dará muita liberdade política para se tomar uma decisão como esta.” Mesmo tendo recebido menos da metade dos votos de Jader, Marinor afirma ter legitimidade para ocupar a função no Senado.

O procurador-geral eleitoral, Roberto Gurgel, preferiu não avaliar ainda a postura do TRE do Pará, mas afirmou que a realização de novas eleições para senador no estado será debatida no TSE.

“Eles [TRE] devem ter tido algum fundamento e não tenho nenhuma dúvida de que esse assunto chegará aqui ao TSE. Certamente vai ser [questionada] e a gente vai examinar quando a matéria chegar. O Ministério Público Eleitoral também pode questionar, mas temos que examinar”, disse Gurgel.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Parazão: Redenção se despede com derrota em Marabá

O Redenção Esporte Clube se despede da 2ª Divisão do estadual com derrota diante do Gavião Kyikatejê, 2 a 0, no Zinho Oliveira, em Marabá. Segundo o diretor do clube, Toninho Lopes, sem recurso e patrocínio fica muito difícil montar um elenco competitivo, mas para o próximo ano, vamos iniciar os treinos mais cedo, para buscar o acesso à primeira divisão.

Para Otávio Araújo, um dos fundadores do Alviverde da Amazônia, o primeiro passo foi dado depois de três anos parado. “O objetivo da diretoria é manter o time em atividade realizando pelo menos um jogo amistoso por mês. Vou propor a realização de um torneio denominado Copa Sul/Sudeste de Futebol profissional, com a participação do Redenção, Águia, Gavião, Parauapebas e Independente (Tucuruí), para manter o futebol profissional em evidência”, garante Otávio Araújo.

Chave A
4º feira (27) – Gavião 2 x 0 Redenção

Colocação
Parauapebas e Gavião, 6 pontos.
Redenção, 3 pontos

Próximo jogo
4º feira (03), Parauapebas x Gavião

Chave B
4ª feira (27) – Abaeté x Vênus.

Colocação
Abaeté, 12 pontos.
Bragantino e Vênus, 1 ponto.

Próximo jogo
4ª feira (03), Vênus x Bragantino

Chave C
4º feira (27) - Izabelense 2 x 1 Vila Rica

Próximo jogo
4ª feira (03) – Izabelense x São Francisco.

Colocação
Izabelesnse e Vila Rica, 6 pontos.
São Francisco, 3 pontos.

STF aplica Ficha Limpa e Jader perde mandato


Jader Barbalho não poderá assumir o cargo de senador pelo Estado do Pará. Em sessão nesta quarta-feira (27), os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), decidiram que a Lei da Ficha Limpa será aplicada já nas eleições deste ano. Por 7 votos a 3, os ministros confirmaram decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que indeferiu a candidatura de Jader por ele ter renunciado ao mandato de senador em outubro de 2001 para escapar de um processo de cassação.

Votaram contra o registro de Jader os ministros Carmén Lúcia Antunes Rocha, Ricardo Lewandoski e Carlos Ayres Britto, acompanhando o voto do relator, Joaquim Barbosa. Contra a Lei da Ficha Limpa votaram Marco Aurélio, Dias Toffoli, Gilmar Mendes. Em seu voto, ministro Gilmar Mendes disse que associações partidárias estão por trás da coleta de assinaturas que viabilizaram o projeto da Ficha Limpa. 'Eu discordo em número, gênero e grau de praticamente todo o raciocínio jurídico de Gilmar Mendes', disse o ministro Ayres Britto.

A decisão do STF confirma os anseios da sociedade brasileira e de várias entidades, como a Ordem dos Advogados do Brasil. Em entrevista exclusiva ao Portal ORM, o presidente da Ordem, Ophir Cavalcante, se declarou a favor da aplicação da Lei da Ficha Limpa nessas eleições. A Lei da Ficha Limpa surgiu da iniciativa do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), que reuniu mais de 1,6 milhão de assinaturas de eleitores desde o lançamento da proposta, em setembro de 2009.

A Lei da Ficha Limpa proíbe a candidatura de políticos condenados pela Justiça em decisão colegiada mesmo que o processo ainda não tenha chegado ao fim, além de ter tornado mais rígidas as normas para inelegibilidade. (Fonte: ORM)

Conheça Helenilson Pontes, candidato a vice de Jatene


Helenilson Pontes, aos 38 anos de idade, representa a renovação na política paraense. Faz parte de uma nova geração que já demonstrou competência e ética na vida profissional e que chega ao meio político com o compromisso de recuperar os valores perdidos na maioria das relações entre o Estado e a sociedade.

Helenilson nasceu em 10 de março de 1972, em Santarém. É filho de um casal de cearenses que se estabeleceu com um comércio na região oeste do Pará, fugindo das grandes secas no nordeste e disposto a buscar uma vida melhor.

O menino de Santarém tinha grandes sonhos e, para realizá-los, mudou-se para a capital, a fim de continuar seus estudos. Em 1988, aos 16 anos, passou no vestibular do curso de Direito da Universidade Federal do Pará.

Sempre dedicado aos estudos, Helenilson, aos 20 anos, em 1993, antes mesmo de concluir o curso de Direito, foi aprovado nos concursos para procurador da Fazenda Nacional e procurador do Banco Central.

Já como procurador da Fazenda Nacional, transferiu-se para São Paulo, onde iniciou o mestrado na Universidade de São Paulo (USP), depois convertido em doutorado em Direito Econômico e Financeiro, na própria USP, e concluído em 2002.

Antes de concluir o doutorado, em 1996, pediu exoneração do cargo de procurador da Fazenda e passou a dedicar-se à advocacia privada na área tributária. Seu escritório possui bases em São Paulo, Belém e Santarém.
No campo da política, lançou-se candidato a deputado federal em 2006 e é hoje primeiro suplente na Câmara Federal.

É reconhecidamente um dos maiores especialistas em Direito Tributário no Brasil. E é, também, um dos maiores defensores da implantação da Área de Livre Comércio do Pará, em Santarém. Acredita que o isolamento fiscal do Pará faz com que, hoje, o Estado perca competitividade em relação aos seus vizinhos amazônicos.
Vida Acadêmica e Científica

É Livre-Docente em Legislação Tributária pela USP (2004) e cursou o Program of Instruction for Lawyers, na Harvard Law School (2003). Fala com fluência o inglês e o alemão.

É professor de Direito Tributário no Centro Universitário de Ensino Superior do Pará (CESUPA) e na Universidade Luterana do Brasil (ULBRA).
Helenilson também é professor-convidado dos cursos de especialização em Direito Tributário da USP, do Centro de Extensão Universitária em São Paulo; do Instituto Brasileiro de Direito Tributário (IBDT), do Instituto Brasileiro de Estudos Tributários (IBET), da Associação Paulista de Estudos Tributários (APET) e da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-COGEAE).

O candidato a vice-governador pela coligação Juntos com o Povo é ainda coordenador científico da Revista de Direito Tributário da Associação Paulista de Estudos Tributários (APET) e membro da Rocky Mountain Mineral Law Foundation, Internacional Fiscal Association (IFA), do Instituto Brasileiro de Direito Tributário (IBDT), da Associação Brasileira de Direito Tributário (ABRADT), da Academia Brasileira de Direito Financeiro (ABDF) e da Associação Paulista de Estudos Tributários (APET), onde vinha exercendo a função de Diretor-Científico.
Participou como professor examinador em dezenas de Bancas de especialização, mestrado e doutorado em universidades de todo o Brasil.

Autor dos livros "Coisa Julgada Tributária e Inconstitucionalidade" (editora Dialética, São Paulo, 2005), "Ensaios de Direito Tributário - volume I" (editora MP, São Paulo, 2005); "Ensaios de Direito tributário - volume II" (editora MP, São Paulo, 2008), "O Princípio da Proporcionalidade e o Direito Tributário" (editora Dialética, São Paulo, 2000) e "Inconstitucionalidade da Lei Tributária - Repetição de Indébito" (editora Dialética, São Paulo, 2002 - em co-autoria com Marco Aurélio Greco). Também é co-autor de dezenas de livros dedicados ao tema da tributação e autor de artigos publicados em jornais e revistas especializadas em Direito Tributário.

Redenção: PF apreende veículos que seriam entregues a Emater


Agentes da Polícia Federal, comandados pelo delegado Marcelo Seiler, apreenderam hoje (27), em Redenção, 15 veículos do Governo do Pará que seriam entregues às unidades da Emater do sul do Estado.

A operação foi em cumprimento a uma determinação do juiz eleitoral da Comarca de Redenção, Haroldo Silva da Fonseca, que recebeu uma denúncia de que os veículos estariam sendo distribuídos. A todo foram apreendidos oito carros de várias marcas e modelos e sete motocicletas modelo NX Bros.

O superintendente da Emater no sul do Pará, Flávio Pedro Dias Barros foi detido e levado para a sede da Polícia Federal. Após ser ouvido por várias horas, ele foi liberado.

De acordo com delegado Marcelo Seiler, os veículos serão encaminhados à Justiça Eleitoral, que os manterá apreendidos até passar as eleições do próximo domingo. Por enquanto, os mesmos estão estacionados em frente à delegacia da Polícia Federal, no centro de Redenção.

Crime eleitoral
Ainda segundo Seiler, a entrega dos veículos em plena campanha configura crime eleitoral e, segundo ele, vai depender do entendimento do juiz Haroldo Fonseca se aciona ou não, a governadora Ana Júlia Carepa por improbidade administrativa.

No momento da solenidade, havia vários prefeitos da região que tinha ido buscar os veículos, mas que acabaram voltando de mãos vazias.
Na última segunda-feira (25), foram entregues em Redenção, viaturas para a Polícia Militar. Sobre isso, o delegado da PF falou que a polícia só não agiu porque não foi acionada. Essa semana foi entregues viaturas para a polícia pelo governo estadual.

Polícia Federal faz mandato de busca em escritórios dos deputados eleitos Fernando Coimbra e Paulo Sérgio

O Ministério Público Federal, a Controladoria Geral da União e a Polícia Rodoviária Federal executam hoje (27), dez mandados de busca e apreensão em nove endereços na capital paraense. Não há nenhum pedido de prisão. A operação faz parte das investigações sobre fraudes no seguro-defeso. Os mandados foram expedidos pelo juiz Rubens Rollo de Oliveira, da 3ª Vara da Justiça Federal e cumpridos pelos oficiais de Justiça.

As equipes – compostas de procuradores da República, oficiais de Justiça, servidores da CGU e policiais rodoviários – estiveram nas dependências da Superintendência Federal da Pesca e Aquicultura e da Superintendência Regional do Trabalho, além de casas de servidores públicos e nos escritórios dos deputados estaduais eleitos Paulo Sérgio Souza, o “Chico da Pesca” (PT), e Fernando Coimbra (PDT).

As investigações começaram depois que a CGU descobriu fortes indícios de concessão irregular de benefícios, que deveriam ser destinados a pescadores, com fins eleitorais. Paulo Sérgio Souza foi superintendente da pesca no Pará e Fernando Coimbra, superintendente do trabalho. As duas instituições são responsáveis pela concessão do seguro-defeso.

Ao examinar os números de concessão dos benefícios nos últimos anos, os investigadores perceberam um aumento significativo dos beneficiários, sem que tenha havido significativa mudança na produção pesqueira paraense. Comparando as concessões feitas em agosto de 2008 e as feitas em agosto de 2010, registra-se um crescimento de 1.414% nos benefícios.

Outra descoberta dos investigadores é que, nas últimas duas gestões na Superintendência da Pesca, ao menos 12 pessoas sem nenhum tipo de vínculo com o serviço público tinham senhas e eram autorizadas a fazer os trâmites internos para concessão dos benefícios.

O MPF, que pediu a busca, listou como objetos de apreensão todos os documentos que tenham alguma vinculação com a concessão irregular de seguro-defeso, arquivos sobre o cadastro de pescadores, bem como computadores pessoais e institucionais. O material apreendido – ainda não catalogado – deve ser armazenado na Justiça e no próprio MPF para posterior análise.

Só após análise do material, o trabalho investigativo poderá ser concluído, ou com arquivamento ou com proposição de denúncia criminal contra os envolvidos à Justiça Federal. Até a conclusão, o caso corre em segredo de Justiça. (Fonte: Diário Online)

Morre ex-presidente argentino Néstor Kirchner


Ex-presidente havia sido internado com urgência na manhã desta quarta. Ele e a presidente Cristina Kirchner descansavam em El Calafate.

O ex-presidente argentino Néstor Kirchner morreu por volta de 10h nesta quarta-feira (27), informou a agência oficial argentina Telam. Os jornais locais 'La Nación' e 'Clarín' também noticiam a morte, após sua internação de emergência por problemas cardíacos, em El Calafate. Fontes próximas falam de um ataque cardíaco.

Deputado, líder do governante Partido Justicialista e secretário-geral da Unasul, Kirchner tinha 60 anos e governou a Argentina entre 2003 e 2007. Ele e a esposa, a presidente Cristina Kirchner, descansavam na cidade desde o final de semana passado, segundo o 'La Nación'.

Em meados de setembro, Kirchner foi submetido a uma angioplastia coronária, um procedimento para a dilatação de uma obstrução ou estreitamento das artérias do coração.

Redenção vai pro tudo ou nada em Marabá diante do Gavião


A penúltima rodada da primeira fase do campeonato paraense da segunda divisão, a Segundinha, movimenta os gramados do interior do Estado hoje.

Na liderança isolada do grupo A, o Parauapebas folga na rodada e assiste de camarote à partida entre Gavião Kyikatejê e Redenção, que têm apenas uma vitória cada e se enfrentam à noite, no Zinho Oliveira, em Marabá. Em caso de empate, a equipe do Parauapebas garante uma das duas vagas, pois o Redenção, que entra em campo pela última vez, não teria mais como ultrapassá-lo.

Único classificado antecipadamente, logo após a conclusão da terceira rodada, o Abaeté, sensação da competição, com 100% de aproveitamento, o melhor ataque e a melhor defesa, encara o Vênus – única equipe que ainda não balançou as redes na Segundinha – no jogo da volta do clássico da cachaça, no estádio Humberto Parente.

Fechando a rodada, no Abreuzão, em Santa Izabel, o Izabelense recebe o “sem teto” Vila Rica, que joga sempre na condição de visitante na competição. E o Vila é um visitante indesejável: venceu duas das três partidas e está a um empate da vaga à segunda fase. Em Santarém, o São Francisco seca o Frangão da Estrada, que também tem três pontos é o adversário da última partida.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Nesta quarta o STF define destino de Jader Barbalho nas Eleições 2010


Na última sexta-feira (22) o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) divulgou que seria julgado, nesta quarta-feira (27), o recurso do deputado federal Jader Barbalho (PMDB-PA) contra a decisão do TSE que negou seu registro de candidatura.

E é por isso que muitos paraenses devem ficar ligados na TV Justiça, a partir das 14h (Horário de Brasília), para acompanhar o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e então, ter a resposta que todos querem: saber se a Leia da Ficha Limpa, tão aguardada pela população será aplicada.

Ao longo desses meses, várias entidades se manifestaram em apoio a Lei da Ficha Limpa, entre elas, o Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Em entrevista exclusiva ao Portal ORM, o presidente da Ordem, Ophir Cavalcante Junior, disse que torce pela aprovação da Lei. 'Eu gostaria muito que fosse aprovada, estamos lutando nesse sentido, pois inauguraria um novo tempo na política, mas cabe ao STF decidir. Temos que aguardar e continuar torcendo', explica.

Parauapebas: Polícia encontra corpo carbonizado de empresário

INVESTIGAÇÃO - Vítima desapareceu quinta-feira à noite, quando saiu de casa para cobrar uma dívida.

A Polícia Civil de Parauapebas continua investigando as circunstâncias do assassinato do empresário do ramo de consultoria, Carlos Gomes de Sousa Silva, de 42 anos, que sumiu misteriosamente na noite de quinta-feira, 21. De acordo com a viúva do empresário, Marizete Cavalcante Silva, na noite do desaparecimento, ele saiu de casa dizendo que iria até a área residencial "Chácara do Sol" cobrar uma dívida de R$ 50 mil reais, contraída por um homem identificado apenas como "Marcão". Segundo ela, por volta de 1h30 de sexta-feira, 22, Carlos Gomes mandou uma mensagem para o seu celular dizendo que ainda estava trabalhando e que telefonaria quando terminasse seus afazeres.

Para a polícia, Marizete disse que em seguida ligou quatro vezes para o celular do marido, mas as ligações caiam na caixa postal. De acordo com a viúva, a mensagem pode não ter sido enviada pela vítima, uma vez que ele nunca trabalhava até tarde.

O carro do empresário, uma caminhonete Hillux, de cor prata, placas NSG-1850, foi encontrado incendiado na localidade conhecida como "Vila Betel", situada na zona rural do município de Eldorado dos Carajás.

VIOLÊNCIA: Cinco assassinatos no sul do Pará

MARABÁ - Dez corpos foram necropsiados de quinta-feira até segunda-feira no IML

Desde a quinta-feira, 21, até o final da tarde de segunda-feira, dez cadáveres passaram por necropsia no Instituto Médico Legal de Marabá. No total, foram registrados cinco homicídios, três mortes por acidente de trânsito, um óbito por acidente de trabalho e o último, de causa indeterminada. Três mortes ocorreram na cidade de Marabá, duas em Curionópolis, outras duas no município de Parauapebas, uma em Eldorado dos Carajás, uma em Piçarra e outra na cidade de Nova Ipixuna.

Na quinta-feira, 21, passaram por necropsia os corpos de Gilvan Santos Araújo, vítima de atropelamento, em Eldorado do Carajás; Denisvaldo Pereira da Silva e Maria do Carmo Coelho, também vítimas de atropelamento, no município de Curionópolis; Jairo Silva Souza, esfaqueado em Marabá; e o de um homem não identificado, morto por causa indefinida.

Na sexta-feira, 22, foi necropsiado apenas o corpo de um morador de Rua de Marabá, ainda sem identificação. No sábado, 23, passou por necropsia o corpo de Raimundo Pereira Assunção, maranhense, 56 anos, vítima da queda de uma árvore que o esmagou na localidade "Quatro Bocas", no município de Itupiranga.

Já no domingo, 24, foram examinados os cadáveres de Patrick Dreyton de Lima, paraense,19 anos, morto com várias facadas na cidade de Nova Ipixuna e o do menor Leonardo da Silva Diniz,paraense, 16 anos, vítima de homicídio por arma branca em Parauapebas. Até o final da tarde de ontem deu entrada no prédio do IML apenas o corpo de Carlos de Sousa Silva, paraense, 42 anos, morto a tiros na cidade de Parauapebas.

Redenção: Agentes prisionais participam de palestra


Atendendo uma solicitação do diretor do presídio de Redenção, Tenente Cleber Gomes de Souza, a Secretaria Municipal de Saúde de Redenção, por meio da coordenadora de saúde municipal de Geisa Simone Carvalho, realizou no auditório da Universidade Estadual do Pará, palestra sobre hanseníase e tuberculose para funcionários e agentes prisionais, que atuam diariamente na Unidade Prisional de Redenção.

A palestra mostrou de forma detalhada, os principais sintomas das doenças e as principais formas como são transmitidas para as pessoas. Um dos motivos que levou o diretor solicitar a orientação aos servidores da unidade prisional é porque alguns detentos foram atingidos pela tuberculose e hanseníase dentro da Casa Penal.

Morre em São Paulo o senador Romeu Tuma


O senador Romeu Tuma (PTB), 79 anos, morreu na tarde nesta terça (26) em São Paulo. A informação foi confirmada por um dos filhos dele, o médico Rogério Tuma.

Tuma estava internado desde setembro no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Neste mês, o senador passou por uma cirurgia para implantação de um coração artificial, devido a uma grave insuficiência cardíaca.

Romeu Tuma exerceu dois mandatos como senador por São Paulo. Na eleição deste ano, não conseguiu se reeleger.

Nascido na capital paulista em 4 de outubro de 1931, Tuma era bacharel em direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Era casado com a professora Zilda Dirane Tuma. Deixou quatro filhos e nove netos.

Romeu Tuma ingressou na carreira policial aos 20 anos. Durante o regime militar, tornou-se investigador e delegado de polícia em 1967, quando ingressou no Departamento Estadual de Ordem Política e Social (Dops). Exerceu o cargo de diretor de polícia especializada entre 1977 e 1983, quando assumiu a Superintendência da Polícia Federal em São Paulo.

Em 1983, assumiu a Superintendência da Polícia Federal de São Paulo e logo depois o cargo de diretor-geral da PF, função em que permaneceu até 1992. Ainda nesse posto, acumulou os cargos de Secretário da Receita Federal e Secretário da Polícia Federal. Em 1991, também passou a ocupar uma vice-presidência da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol).

Permaneceu como Diretor Geral da PF até 1992, quando acumulou o cargo de Secretário da Receita Federal, no governo do presidente Fernando Collor. De 1992 a 1994, foi assessor especial do governador de São Paulo, com status de Secretário de Estado.

Entre os seus trabalhos policiais de maior repercussão, está a descoberta da ossada de um dos mais procurados criminosos de guerra nazistas, Joseph Mengele, e a captura do mafioso italiano Thommaso Buscheta.

Em 1994, disputou pela primeira vez uma eleição e foi eleito senador com mais de 5,5 milhões de votos. Em 2000, foi candidato à Prefeitura de São Paulo, mas terminou em quarto lugar. Nas eleições de outubro de 2002, recebeu 7.278.185 votos e obteve novo mandato de senador, com vigência até 2011.

Foi o primeiro corregedor parlamentar do Senado Federal. Pertencia ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Casa.

Dois de seus filhos seguiram a carreira política. Romeu Tuma Júnior, que foi deputado estadual em São Paulo, e Robson Tuma, deputado federal até 2006.

Xinguara: Avenida Amazonas começa receber pavimentação asfáltica



As obras estão cada vez mais avançadas, semana passada o trecho da avenida recebeu as primeiras camadas de TSD (Tratamento Superficial Duplo). A empresa responsável pelas obras está concluindo mais uma etapa dos trabalhos, após esta etapa de TSD a avenida estará pronta para receber a camada definitiva de CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado à Quente).

A Avenida Amazonas é uma obra do governo estadual custeada através de um convênio firmado entre estado e município orçado em R$: 10.445.087,55, deste, mais de R% 5 milhões já foram investidos em bueiros, drenagens, tubulações, indenizações, preparação e compactação do solo onde será construída a avenida, esse valor compreende a primeira etapa (com 95% já concluída), e a segunda etapa sendo executada. (Gilson França)

Pará ganha mais 265 policiais civis

Serão mais 265 agentes de Segurança Pública que reforçarão o contingente de policiais nas cidades do interior do Estado. No total, são 58 delegados, 91 escrivães e 116 investigadores.

No último dia 19, os novos policiais estiveram em encontro com o secretário de Segurança Pública, Geraldo Araújo; o delegado-geral, Raimundo Benassuly; a delegada-geral adjunta, Eugênia Rebelo; a corregedora-geral, Leomar Maués. Foi o primeiro encontro presidido pela Polícia Civil com os novos agentes depois da nomeação deles, em 15 deste mês, através de decreto publicado no Diário Oficial do Estado.

Na ocasião, os novos policiais civis assistiram à palestra sobre os objetivos e a atuação do Grupo de Pronto-Emprego (GPE), unidade da Polícia Civil empregada em operações especiais. Eles puderam esclarecer dúvidas desde a seleção de novos policiais no grupo até o treinamento aplicado aos que pretendem ingressar na corporação.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Brasileiro é um povo solidário. Mentira. Brasileiro é babaca.


Por Arnaldo Jabor (TV Globo - São Paulo)

Eleger para o cargo mais importante do Estado um sujeito que não tem escolaridade e preparo nem para ser gari, só porque tem uma história de vida sofrida;

Pagar 40% de sua renda em tributos e ainda dar esmola para pobre na rua ao invés de cobrar do governo uma solução para pobreza;

Aceitar que ONG's de direitos humanos fiquem dando pitaco na forma como tratamos nossa criminalidade.

Não protestar cada vez que o governo compra colchões para presidiários que queimaram os deles de propósito, não é coisa de gente solidária.

É coisa de gente otária.

- Brasileiro é um povo alegre. Mentira. Brasileiro é bobalhão.

Fazer piadinha com as imundices que acompanhamos todo dia é o mesmo que tomar bofetada na cara e dar risada.

Depois de um massacre que durou quatro dias em São Paulo, ouvir o José Simão fazer piadinha a respeito e achar graça, é o mesmo que contar piada no enterro do pai.

Brasileiro tem um sério problema.

Quando surge um escândalo, ao invés de protestar e tomar providências como cidadão, ri feito bobo.

- Brasileiro é um povo trabalhador. Mentira.


Brasileiro é vagabundo por excelência.

O brasileiro tenta se enganar, fingindo que os políticos que ocupam cargos públicos no país, surgiram de Marte e pousaram em seus cargos, quando na verdade, são oriundos do povo.

O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado ao ver um deputado receber 20 mil por mês, para trabalhar 3 dias e coçar o saco o resto da semana, também sente inveja e sabe lá no fundo que se estivesse no lugar dele faria o mesmo.

Um povo que se conforma em receber uma esmola do governo de 90 reais mensais para não fazer nada e não aproveita isso para alavancar sua vida (realidade da brutal maioria dos beneficiários do bolsa família) não pode ser adjetivado de outra coisa que não de vagabundo.

- Brasileiro é um povo honesto. Mentira.

Já foi; hoje é uma qualidade em baixa.

Se você oferecer 50 Euros a um policial europeu para ele não te autuar, provavelmente irá preso.

Não por medo de ser pego, mas porque ele sabe ser errado aceitar propinas.

O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado com o mensalão, pensa intimamente o que faria se arrumasse uma boquinha dessas, quando na realidade isso sequer deveria passar por sua cabeça.

- 90% de quem vive na favela é gente honesta e trabalhadora. Mentira..

Já foi.

Historicamente, as favelas se iniciaram nos morros cariocas quando os negros e mulatos retornando da

Guerra do Paraguai ali se instalaram.

Naquela época quem morava lá era gente honesta, que não tinha outra alternativa e não concordava com o crime.

Hoje a realidade é diferente.

Muito pai de família sonha que o filho seja aceito como 'aviãozinho' do tráfico para ganhar uma grana legal.

Se a maioria da favela fosse honesta, já teriam existido condições de se tocar os bandidos de lá para fora, porque podem matar 2 ou 3 mas não milhares de pessoas.

Além disso, cooperariam com a polícia na identificação de criminosos, inibindo-os de montar suas bases de operação nas favelas.

- O Brasil é um pais democrático.. Mentira.

Num país democrático a vontade da maioria é Lei.

A maioria do povo acha que bandido bom é bandido morto, mas sucumbe a uma minoria barulhenta que se apressa em dizer que um bandido que foi morto numa troca de tiros, foi executado friamente.

Num país onde todos têm direitos mas ninguém tem obrigações, não existe democracia e sim, anarquia.

Num país em que a maioria sucumbe bovinamente ante uma minoria barulhenta, não existe democracia, mas um simulacro hipócrita.

Se tirarmos o pano do politicamente correto, veremos que vivemos numa sociedade feudal: um rei que detém o poder central (presidente e suas MPs), seguido de duques, condes, arquiduques e senhores feudais (ministros, senadores, deputados, prefeitos, vereadores).

Todos sustentados pelo povo que paga tributos que têm como único fim, o pagamento dos privilégios do poder. E ainda somos obrigados a votar.

Democracia isso? Pense!

O famoso jeitinho brasileiro.

Na minha opinião, um dos maiores responsáveis pelo caos que se tornou a política brasileira.

Brasileiro se acha malandro, muito esperto.

Faz um 'gato' puxando a TV a cabo do vizinho e acha que está botando pra quebrar.

No outro dia o caixa da padaria erra no troco e devolve 6 reais a mais, caramba, silenciosamente ele sai de lá com a felicidade de ter ganhado na loto.... malandrões, esquecem que pagam a maior taxa de juros do planeta e o retorno é zero. Zero saúde, zero emprego, zero educação, mas e daí?

Afinal somos penta campeões do mundo né?? ?

Grande coisa...

O Brasil é o país do futuro. Caramba , meu avô dizia isso em 1950. Muitas vezes cheguei a imaginar em como seria a indignação e revolta dos meus avôs se ainda estivessem vivos.

Dessa vergonha eles se safaram...

Brasil, o país do futuro!?

Hoje o futuro chegou e tivemos uma das piores taxas de crescimento do mundo.

Deus é brasileiro.

Puxa, essa eu não vou nem comentar...

O que me deixa mais triste e inconformado é ver todos os dias nos jornais a manchete da vitória do governo mais sujo já visto em toda a história brasileira.

Para finalizar tiro minha conclusão:

O brasileiro merece! Como diz o ditado popular, é igual mulher de malandro, gosta de apanhar. Se você não é como o exemplo de brasileiro citado nesse e-mail, meus sentimentos amigo, continue fazendo sua parte, e que um dia pessoas de bem assumam o controle do país novamente.

Aí sim, teremos todas as chances de ser a maior potência do planeta.

Afinal aqui não tem terremoto, tsunami nem furacão.

Temos petróleo, álcool, bio-diesel, e sem dúvida nenhuma o mais importante: Água doce!

Presidente do Águia fala do presente e futuro


Não deu. O Águia de Marabá tentou salvar o triste ano do futebol paraense diante do ABC (RN), pelo Campeonato Brasileiro da Série C. Contudo, após a derrota por 3 a 1 no último domingo (24), o Azulão marabaense também foi privado, assim como o Paysandu, de ascender à Série B. Mas nada de se abater. O presidente do Azulão, Sebastião Ferreira, o Ferreirinha, concedeu entrevista exclusiva ao DOL falando da trajetória do clube em 2010, mostrando que o Águia termina a temporada com um bom saldo. (Gustavo Pêna, DOL)

Diário do Pará: O Águia de Marabá é uma das poucas equipes paraenses que costuma traçar um planejamento visando o próximo ano. Como pensar o clube para 2011 após a desclassificação no Campeonato Brasileiro da Série C?

Ferreirinha: Primeiro vai ter eleição para presidente do clube em dezembro. Estou pensando e analisando se vou concorrer novamente. Preciso conversar com a minha família e resolver. Mas alguns atletas ainda possuem contrato conosco e vamos ver se eles pretendem continuar.

Diário do Pará: Mas se você for reeleito presidente, quais atletas ficam e quais sairão do clube?

Ferreirinha: Por mim o Águia ficava com todos. O problema é o assédio de outros clubes. São jogadores guerreiros que, mesmo com a falta de estrutura, representaram bem o Águia deixando equipes ‘grandes’ pra trás, como o Fortaleza. A renovação de atletas vai depender da conversa com eles todos.

Diário do Pará: Se formos avaliar, jogadores como o Roma e o Samuel Lopes não renderam aquilo que se esperava deles...

Ferreirinha: Todo mundo conhece o potencial do Roma, mas ele teve problemas de contusão. Não é um mal jogador, só deu azar de chegar na primeira partida e se contundir pra voltar, apenas, nas últimas partidas. Já o Samuel é um bom jogador, foi artilheiro por onde passou. Também teve contusão e não podemos esquecer que é reconhecido nacionalmente por onde passou, como no Grêmio (RS).

Diário do Pará: Após a derrota para o ABC, a torcida marabaense atribuiu o insucesso do clube ao técnico João Galvão, que não consegue conquistar títulos no Águia em três anos de trabalho. Como você avalia essas críticas?

Ferreirinha: O Galvão tem a total confiança da minha parte. Ele não conquistou títulos, mas deu visibilidade ao Águia. E os outros, que nem isso fizeram? Mesmo com as dificuldades, passamos de fase na Copa do Brasil, vencendo o América (MG) e o Fluminense (RJ). Em 2008 não nos classificamos por um gol e ainda teve aquele caso do Duque de Caxias (RJ).

Diário do Pará: Existiam mesmo salários atrasados no Águia?

Ferreirinha: Em 2010 tivemos, sim, salários atrasados, mas ñ não atrapalhou em nada o nosso desempenho na Série C. Acontece que fizemos um planejamento e não contávamos que a CBF não iria bancar as hospedagem e passagem na competição. Ainda trouxemos árbitro FIFA em quase todas as rodadas do Parazão, porque os árbitros daqui estavam nos atrapalhando. Por isso o nosso planejamento ‘furou’, porém os nossos jogadores são guerreiros, que não fizeram ‘corpo mole’ nas dificuldades.

Diário do Pará: Qual a avaliação que você faz do Águia em 2010?

Ferreirinha: Temos apenas 12 anos e conseguimos mais visibilidade. Gostaríamos de ter conquistado o título, mas não foi possível. Fomos vice no Paraense, ficamos entre os oito melhores times na Série C e perdemos para um time com a maior estrutura do futebol do Nordeste, durante a semana 5 mil camisas, problema cascata ídolo deles ai sair, proposta maior. Em 2011 estamos garantidos no Parazão, Copa do Brasil e Série C. Por isso tudo, avalio nosso ano como bom.

Redenção: Kombi e moto se chocam na Avenida Santa Tereza


A Kombi da prefeitura municipal de Redenção, que presta serviço para o Conselho Tutelar, e uma motocicleta Bros 150 se chocaram na Avenida Santa Tereza, em Redenção. O pedreiro Anasin Siqueira de Almeida 35 anos, que pilotava a moto Bros 150, de cor vermelha, bateu de forma violenta contra o veiculo da prefeitura, dirigido pelo motorista Morvam Machado.

O acidente ocorreu devido o motorista da Kombi, ter entrado na Avenida Santa Tereza, sem perceber que o moto do pedreiro se aproximava em alta velocidade. Foi necessária muita habilidade dos soldados do Corpo de Bombeiros para remover o pedreiro. Ele ficou desacordado por alguns minutos, devido ter batido a cabeça.

O motoqueiro que trafegava sem o capacete, foi levado para o Hospital Municipal Iraci Machado, onde recebeu os primeiros socorros. “Eu não viu a moto se aproximar, por isso eu entrei na avenida”, disse o motorista que provocou o acidente.

Pessoas que presenciaram o acidente disseram que o motoqueiro dirigia em alta velocidade. (Dinho Santos).

Prefeitura de Redenção promove festa para os professores






Em homenagem aos professores pela passagem do seu dia, que ocorreu no último dia 15, a Prefeitura Municipal de Redenção através da Secretaria Municipal de Educação, realizou no dia 22 de outubro uma grande festa em comemoração ao Dia do Professor. A confraternização foi realizada na sede da AABB e contou com a presença de centenas de professores e outros servidores da Secretaria de Educação. Dezenas de crianças também puderam participar dos momentos de lazer.

O evento incluiu almoço com churrasco, refrigerantes e muita sobremesa. Além disso, a festa foi recheada com muita animação, envolvendo todos num ambiente de confraternização entre a categoria e a administração municipal. Durante o evento foram sorteados vários prêmios aos professores.

Para o secretário de educação Antônio de Sá, que na ocasião representou o prefeito Wagner Fontes, que está em viagem à capital, a realização desta confraternização serve como troca de conhecimentos e experiências entre os profissionais da Educação, e isso muito engrandece o meio educacional fazendo com que cada vez mais os educadores aprimorem o ensinar e o aprender, pois é na prática que o aprendizado realmente se efetiva.

TO: Guaraí mostra força e abre vantagem

O Guaraí soube aproveitar bem o fator mando de campo e venceu o Palmas por 2 a 0 no primeiro jogo da final do Campeonato Estadual Série B, realizado no estádio Delfinão, em Guaraí, na tarde deste sábado. Kássio e Hugo marcaram os gols.

O atacante Hugo é de Redenção e foi um dos artilheiros da Copa Extremo Sul do ano passado e quase foi contratado pelo Águia, no entanto a diretoria aguiana preferiu ficar com Douglas, também de Redenção.

Com a vitória, o time do interior do Estado tem a vantagem de perder por um gol de diferença na partida de volta, no próximo sábado, 30, no estádio Nilton Santos, na Capital. Já o tricolor palmense precisa vencer por dois gols de diferença, já que fez melhor campanha que o rival no campeonato. Resultado de empate dá o título ao Guaraí.

O presidente do Palmas, Josa Alves, disse que para a diretoria o importante era subir o clube à primeira divisão do Estadual. "Agora, o título fica a critério do grupo e do treinador", destacou o dirigente. (A Notícia-TO)

Águia perde por 3 a 1 e está fora da Série C

Triste fim do futebol paraense. O Águia de Marabá era a única esperança de que a temporada 2010 poderia ser salva. Contudo, mesmo atuando com raça e vontade, no segundo tempo os marabaenses caíram diante do ABC (RN) por 3 a 1, jogando na manhã deste domingo (24), no estádio Frasqueirão, em Natal. Com o resultado, o Azulão está eliminado do Campeonato Brasileiro da Série C. Fica o sentimento de que os clubes do Pará precisam de uma reflexão para a temporada 2011.

Os gols
Leandrão, Jackson e Claudemir para o ABC. Jaime fez o gol do Águia.
Águia de Marabá: Alan; Sinésio, Bernardo, Ari e Vander (Tiago Marabá); Cleuber (Roma), Daniel (Jaime), Analdo e Diego Biro; Samuel Lopes e Torrô. Técnico: João Galvão.

Árbitro: Elmo Alves Cunha (GO). Assistentes: Fabrício da Silva (GO) e Marco Antônio de Mello Moreira (GO).

Salgueiro, ABC, Ituiutaba e Criciúma se classificaram para a Série B ano que vem.

Parazão: Verdão perde e fica longe da classificação

Pelo grupo A, com gols de Ró (2), Lima e Marçal, o Parauapebas Futebol Clube derrotou o Redenção Esporte Clube, na tarde de domingo (24) na Arena Serrinha pela fase classificatória do Parazão. Hugo marcou o único gol dos redencenses.

A chance de se classificar para a próxima fase ficou mais distante para o Verdão redencense, que joga nesta quarta-feira (27), no estádio Zinho Oliveira, em Marabá, contra o Gavião Kyikatejê.

Colocação do grupo A: Parauapebas, 6 pontos, Redenção e Gavião, 3 pontos.

Demais resultados do Parazão

Pelo grupo B, em Bragança, Abaeté 2 x 1 Bragantino, gols de Enilson (Abeté), e Marituba (Bragantino).

Colocação
Abaeté, 9 pontos; Bragantino e Vênus, 1 ponto.

Quarta-feira, Abaeté x Vênus.

Pelo grupo C, em Santarém, São Francisco 3 x 1 Vila Rica, gols de Beto (2) e Neguinho (São Francisco), e Rico (Vila Rica).

Colocação
Vila Rica, 6 pontos, São Francisco e Izabelense, 3 pontos.

Quarta-feira, Vila Rica x Izabelense.

ARTILHARIA
5 GOLS: Leandro Cearense (ABAETÉ).
4 GOLS: Ró (PARAUAPEBAS).
2 GOLS: Tetê e Enilson (ABAETÉ), Edilson e Lima (PARAUAPEBAS), Beto (SÂO FRANCISCO) e Rico (VILA RICA).
1 GOL: Robinho (ABAETÉ), Rodriguinho e Marituba (BRAGANTINO), Moisés e Balão (GAVIÃO), Ari , Kévson e Leonardo (IZABELENSE), Clóvis , Hélcio , Claudinei e Marçal (PARAUAPEBAS), Leandro e Hugo (REDENÇÃO), Tinha e Neguinho (SÃO FRANCISCO), Diego e Negreti (VILA RICA).

sábado, 23 de outubro de 2010

Redencenses prometem lotar Arena Serrinha contra o PFC



É grande a expectativa para o segundo jogo do Alviverde da Amazônia pelo grupo A da fase classificatória do campeonato paraense de futebol profissional. Uma vitória do Camaleão diante do Parauapebas Futebol Clube, neste domingo, na Arena Serrinha, deixa o time redencense perto da classificação.

Segundo a diretoria do Verdão, o preço do ingresso continuará a R$ 5 reais. Na manhã de sábado, o treinador Joci comandou um treino apronto para definir o time que entra jogando, no entanto, ele não adiantou os onze titulares. Somente, 30 minutos antes da partida é que a “onzena” será divulgada para a imprensa.

O PFC vem ferido, pois foi derrotado no meio de semana pelo Gavião, por 2 a 1. Por outro lado o Alviverde da Amazônia quer descontar a derrota sofrida na estreia. O time estava incompleto no jogo de abertura.

O treinador pebense, Samuel Cândido espera se classificar no jogo deste domingo, diante do Redenção Esporte Clube, mas sabe que não será fácil.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Redenção: Acusado de matar empresário se entrega à polícia


Renato Alves


Divinaldo Antônio


Delegado Nicolau Neto

O trabalhador rural Renato Alves de Brito, acusado de matar com seis tiros de revólver 38 e dois golpes de facão o empresário goiano Divinaldo Antônio da Silva, 47, se entregou à polícia no início da noite de quinta-feira (21). O trabalhador rural, de 34 anos, é natural do Estado de Goiás e tinha uma chácara de 10 alqueires que fica ao lado da fazenda da vítima, localizada na colônia Condespar, no município de Santa Maria das Barreiras, a 200 quilômetros de Redenção. O crime ocorreu na tarde da última sexta-feira (15), após uma discussão com o empresário.

O acusado afirma que agiu em legítima defesa e que está arrependido. Ele alega que o crime foi motivado porque alguns carneiros do empresário estariam entrando na sua propriedade e destruindo as plantações. Entretanto, mesmo tendo alegado que matou Divinaldo em legítima defesa, Renato não explicou a perversidade no cometimento crime. Disse apenas que teria “perdido” a cabeça. Ele também confessou que já havia matado a tiros alguns animais da vítima, há cerca de um ano, quando teria iniciado uma animosidade entre os dois.

Quando Divinaldo agonizava no chão, Renato pegou o facão que estava com a vítima e lhe aplicou dois golpes profundos na altura do peito. A mulher da vítima, que no momento do crime estava na sede da fazenda, ouviu os disparos e pensou que fossem os carneiros que estivessem sendo mortos.

No momento do crime, Divinaldo e um vaqueiro dele estavam tocando um rebanho de carneiros que havia entrado nas terras de Renato. Ele foi morto dentro da própria fazenda sem nenhuma chance de defesa.

O acusado está recolhido na carceragem da Superintendência de Polícia Civil do Araguaia Paraense, com sede em Redenção, no sul do Pará. Segundo o delegado que preside o inquérito, o superintendente Nicolau Neto, Renato passou a semana escondido em uma área que fica próximo à chácara dele. (Paulo Carrion).